“Uma vida professora”

A “Quatro cinco um”, a revista dos livros, em seu número 25, de agosto de 2019, publicou na editoria “Especial Educação” a matéria “Quem quer ser professor”.

O texto, da escritora e professora Luana Chnaiderman, nos dá um gostinho do que encontrar no livro “Lucy, uma vida professora”, do jornalista e ex-aluno Jayme Serva. A obra traça um perfil biográfico da educadora Lucy Sayão Wendel, professora de Química do Colégio Santa Cruz de 1967 a 2001.

Leia um trecho: “Então, a partir de uma foto que apareceu em um encontro de ex-alunos do Colégio Santa Cruz, em São Paulo, na qual estavam Lucy e mais outras professoras do colégio — duas ainda na ativa —, veio a vontade: a história da vida dessa mulher merece ser contada. E esses ex-alunos financiaram a pesquisa de Jayme para realizar a obra. É um livro que comove e vai além do interesse daqueles que, porventura, foram alunos de Lucy ou a conheceram. Porque ao narrar uma vida, uma vida professora, narram-se também os processos de formação de uma cidade, de uma família, de uma escola. Professora não como substantivo feminino, mas como adjetivo, qualidade de uma vida que ensina ela mesma, fora e dentro da sala de aula.”

Texto na íntegra.

Crédito da foto: acervo do ex-aluno Claudio Wakahara (@claudiowakahara)

arrow_back Voltar para Notícias